Sin categorizar

Banco Sabadell, Media Markt, Bankia e Air Europa analisam a melhoria da experiência do cliente nos pagamentos

A Necomplus, patrocinadora da 5ª Edição do Secure Payments & ID, moderou a mesa sobre a experiência do cliente em pagamentos e participou como palestrante na mesa Mobile Fraud Protection junto com especialistas da Gemalto, BBVA, Ministério da Economia e Negócios e Air Europe.

A Necomplus, empresa especialista em soluções de pagamento no setor bancário, participou da última edição do Secure Payments & ID Congress, evento anual de meios de pagamento, gerenciamento de identidade e segurança de transações que reuniu mais de 800 participantes no Wanda Metropolitano Em Madrid.

Lorenzo Campos, CEO da Necomplus, moderou a mesa “Melhorando a experiência do cliente através de métodos de pagamento” com a participação de Roser Martí – Banco Sabadell Trademark and Scheme Regulations, Félix Uriarte – Diretor de Banking Digital do Bankia, Manuela Mengíbar – Head of Finance e Administração Espanha e Portugal da Media Markt Iberia e Yago Casasnovas – Payments & Fraud Manager da Air Europa. Os membros da mesa, especialistas excecionais, abordaram o papel do pagamento na experiência do cliente na perspetiva dos comerciantes e adquirentes, bem como o impacto que a entrada em vigor das alterações regulatórias europeias terá.

Oferecer uma experiência mais segura, mas sem atritos para o usuário, é uma das premissas do Banco Sabadell. Segundo Roser Martí, “o PSD2, por se basear na transparência, na concorrência e na segurança, deve ser um impulso do mercado para a revitalização dos pagamentos e a melhoria da segurança nas transações”. Acrescentou ainda, “teremos de conseguir adaptar todos os requisitos de segurança a um pagamento sem atritos, é o grande desafio com os nossos clientes”. Martí também destacou que há uma nova tendência em relação aos terminais de pagamento que melhoram a experiência do cliente, especificamente ele fez referência aos novos dispositivos POS Android que mesclam dois elementos importantes, como a funcionalidade do “POS tradicional físico-financeiro juntamente com o valor -aplicações adicionadas para o comércio e o cliente” desconhecidas até hoje.

A Necomplus, parceira de tecnologia e terceirizada de serviços, é líder mundial no setor de meios de pagamento por oferecer soluções diferenciadas por meio de tecnologia própria. Especificamente, no ecossistema de pagamentos, desenvolveu mais de 300 apps, incluindo um marketplace adaptado aos novos dispositivos Android POS que permite aumentar as vendas com propostas personalizadas por setor de atividade, tornando o momento do pagamento um novo mais amplo e rico experiência do cliente, longe do processo transacional atual. “Abre-se a oportunidade para as instituições financeiras defenderem seu papel nos meios de pagamento; Realizá-lo é possível de mãos dadas com a Necomplus e nossas soluções funcionais, diferenciais e tecnologicamente líderes”, afirma Lorenzo Campos, CEO da Necomplus.

Manuela Mengibar da Media Markt Iberia, líder europeu na distribuição de eletrónica de consumo, explicou como a empresa integrou o ponto de venda com as vendas online para melhorar a experiência do cliente. “Com os novos padrões de consumo, eliminamos as barreiras do mundo físico e online, avançando para os métodos de pagamento omnicanal, reduzindo os tempos de espera através do check-out expresso com pagamentos sem contato”, disse Mengibar.

Nessa linha, Félix Uriarte do Bankia salientou que a sua entidade integra todas as fórmulas de pagamento “Criamos um PSP onde oferecemos todos os meios de pagamento disponíveis, desde cartões obviamente a Bizum, Paypal, Amazon, entre outros e todas as opções que surgem porque ontem (por alguns dias) eles anunciaram Libra (criptomoeda do Facebook)”. O Diretor de Banca Digital do Bankia acrescentou “Construímos uma relação em que fornecemos tudo o que o negócio e o cliente precisam de forma segura e amigável” e destacou a este respeito, “Pagamento em um clique em um aplicativo móvel, que pode aumentar vendas em 30%, deve estar disponível na forma de pagamento que o cliente deseja utilizar”.

Na reta final do debate, os especialistas abordaram o impacto que a entrada em vigor do PSD2 terá a 14 de setembro, data crítica em resultado dos novos hábitos de consumo adquiridos pelos clientes, que, alheios à relevância do novo Política de segurança europeia, eles podem ver a experiência diminuída, afetando o omnichannel, o imediatismo e a facilidade que até agora obtiveram no consumo online. O novo protocolo regulatório que fortalecerá a autenticação de clientes impõe mecanismos de controle que gerarão atritos na experiência do cliente, prejuízo que a maioria dos comerciantes espera minimizar ao se ater também aos pressupostos de exceção da norma, se uma possível moratória sobre PSD2 não for aceita. Para o gerente de pagamentos e fraudes da Air Europa, Yago Casasnovas, o impacto da conversão será proporcional. “O usuário vai se acostumar (aos requisitos de autenticação do PSD2) e o impacto (da aplicação da regulamentação) será reduzido, como acontece atualmente com qualquer negócio que passa a ter pagamento seguro”, disse Casasnovas.

Fraude móvel e experiência do usuário

Da mesma forma, a Necomplus participou da mesa “Mobile Fraud Protection: sistemas eficazes contra a fraude móvel e para uma melhor experiência do usuário” junto com especialistas do BBVA, Air Europa, Gemalto e do Ministério da Economia e Negócios. Tomás Pascual, Diretor de Pagamentos e Serviços Iberia da Necomplus explicou que a experiência do cliente será fundamental na escolha entre um retalhista online ou outro. “O comprador final, que não sabe nada sobre PSD2, irá selecionar um e-commerce ou outro dependendo de como é o caminho que ele tem que percorrer para conferir, em relação a outras prioridades como preço, qualidade, etc…” e acrescentou que “o impacto em alguns negócios será decisivo se não tomarem as medidas corretas”.

Pascual defendeu como o papel da Necomplus na detecção e gestão de fraudes é decisivo. “A empresa, muito focada na tecnologia de meios de pagamento, acompanha os negócios através das entidades financeiras às quais prestamos os correspondentes serviços” explicou o director de meios de pagamento. E acrescentou em seguida, “mas também estamos ao lado do usuário final para controlar os alertas de fraude e sua gestão posterior, se confirmado”.

Juan Vicente Cantó, presidente executivo da Necomplus, referência na gestão integral de redes de pagamento e líder das regiões ibérica e latino-americana da Payten, divisão de especialistas da Asseco, valorizou a evolução da tecnologia aliada às mudanças regulatórias europeias para sua passagem pelo Congresso . “A transformação tecnológica levou a indústria de meios de pagamento a novos horizontes em que soluções ágeis, diferenciadoras e eficientes como as desenvolvidas pela Necomplus são fundamentais para atender às exigências do setor e melhorar a experiência do cliente final de adquirentes e processadores.

Necomplus é o parceiro tecnológico com mais de 25 anos de experiência, que acompanha empresas líderes em setores como Banca, Seguros, Imobiliário, Retalho ou Turismo na inovação dos serviços de pagamento, implementando localmente soluções de sucesso para os seus clientes a partir dos seus escritórios em Espanha , Portugal, Andorra, Peru, Colômbia e República Dominicana.

Related Posts